22.7.10

Tesouros da Alma


Que da vida quase nada se leva
Já é sabido.
Mas o que de verdade se carrega
É o sentido
Aqui, lá, em qualquer lugar...
Porque a alma se carrega ao longo da existência
E registra toda luz alcançada na vida.
Por isso os pequenos gestos se eternizam,
Quando carregados de cuidados e ternura.
Dura uma eternidade a palavra pura,
A doçura da voz,
Um olhar de aconchego...
Na caixa de jóias da alma
Mora a calma de um terno sorriso;
O abraço, o silêncio
Naquela hora exata.
Mora nessa caixa
O cotidiano cuidado
Livre de exigências,
Mas em decorrência do amor;
Do aceitar sem condições
O que o outro é
Sem exigir qualquer condição
Pra diferente ser.

Mora na alma
A profundidade da compreensão
Que da vida se leva as conquistas imateriais;
Que cada ato do outro que machuca
È o esforço desse outro em compreender-se na vida
De compreender-se em si mesmo.
São várias setas lançadas no escuro
Pra atingir o alvo
Que é o próprio Eu.
Que da vida nada se leva
Já é sabido
Possamos, portanto largar os nossos mortos
E nos comprometermos com o que em nós
Sempre será vivo.

10 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Não levamos mesmo, mas deixamos. Saudades, amizades, nossas palavras, nossa essência. Façamos portanto valer a pena. Parabéns. beijos

ju rigoni disse...

E eu levo na caixinha da alma essa jóia de poema que transborda em sabedoria. Lindo!

Bjs, Rita, e inté!

gorettiguerreira disse...

Olá poetisa!
Imagine como fico emocionada sempre que leio um comentário teu seguido de um poema em imagem seu acima... maravilhoso!
Estupenda essa foto Rita.
Muita luz em seu caminho pois eu sei, és uma pessoa de beleza rara em alma e coração.
Beijos.
Goretti

J. Costa Jr. disse...

A alma de muitas moradas. Você trabalhou bem todas as possibilidades do tema, e deu ao poema musicalidade, de modo a leitura tornar-se bastante agradável e permitir a reflexão.
Parabéns.

Jorge Pimenta disse...

rita, adorei o teu comentário no viagens de luz e sombra e não quis deixar de espreitar este teu (re)canto tão afi(n)ado. parabéns!
um beijinho!

Tania regina Contreiras disse...

Muito belo, tudo a ver com o existir pleno!
Beijos,
Tânia

Arnoldo Pimentel disse...

Muito belo seu texto, inspiração em cada pedaço, em cada palavra.Tudo de bom pra você,bjs

Willyan Luemi disse...

Todo o conhecimento paz e felicidade já estão dentro de nós.
Mas distraídos que somos,
persistimos em só olhar para o que está cá fora, o que é mais facil de se ver. Ensinas atravéz da poesia de tal modo, que da gosto de aprender.

Um abraço na alma!

Malu disse...

Rita, sábias e belas palavras...
Parabéns!!!
Beijinhos

Ana Gaúcha disse...

Amoooooooooo Imagens com LUZ!!!

Somos a Luz!!!

PARABÉNS!!

Lindo Teu Blog!!!

bjssssssssss doces.