26.11.10

Eterno



Não te vais de mim
Assim eu sinto.
Giras em torno desse sentimento omisso
Persistindo em acompanhar as mudanças do tempo.
E o tempo?
Dá voltas em torno de ti
Estonteia-te e te devolve ao mesmo ponto em que paraste.
Não me vou de ti.
Assim eu sinto.
Giro em volta do tempo dançando com a dor e a saudade
Dos dias e noites em que dancei contigo.
E o tempo?
Brinca comigo, ri do que sinto e passa...
O tempo passa alheio ao meu e ao teu conflito.
O tempo passa girando, levantando poeira, transformando tudo.
Mas o meu amor se esconde do tempo e do vento
E escondido chora ao te ver passar

9 comentários:

Tania regina Contreiras disse...

A eternidade...Falei dela ontem, sob um outro prisma. Ainda bem que ela existe (a eternidade) e passa...deixando um rastro no entanto,
Beijo

Você em Pauta disse...

Tempo,

Ele é assim, por vezes chega e se esconde anquilo que chamomos relogio, por outras, brinca de correr naquilo que temos como agenda..

A melhor definição do tempo é Eternidade. Sim Eternidade é sinonimo de um tempo que insiste me passar mesmo estando sempre presente...

Se eu fosse dono do tempo, eternizaria esse momento que agora chamamos de hj, onde meus dedos expoem atraves das teclas desse computador, aquilo que minha alma anseia em descubrir em suas palavras.... Eternidade!

Lua Nova disse...

É assim mesmo quando nos separamos e o amor continua, ficamos feito lua orbitando em torno dele e ele em torno de nós, nos fazendo herméticos para qualquer outro estímulo ou sentimento. O tempo, inimigo a princípio, melhor amigo depois.
É um período sombrio. "E o tempo?
Brinca comigo, ri do que sinto e passa..."
Muito lindo... e triste.
Beijokas, caríssima, e um fds adorável.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

É tão difícil sufocar um sentimento sem poder gritar.

Beijo, Loba.

Rebeca

-

Sandra Portugal disse...

Lindo seu blog! E fiquei impressionada como que or coincidência fiz um post com essa mesma imagem!!!! Linda? Profunda! bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Mariazita disse...

O tempo passa alheio, indiferente ao nosso sentir. Não pára nem para lançar uma mirada.
Mas ao passar leva consigo parte da dor e da saudade, atenuando-as.
Mas o amor permanece...

Bom domingo. Beijinhos

Ronaldo disse...

tempo.... tenho lidado com ele, com a velocidade dele, com a falta dele, e vejo que tudo pode ser eterno, desde que saibamos usar o tempo a nosso favor.

belo texto

Maria José disse...

Lindo poema. Lindo blog. O amor é um tema apaixonante. Beijos e ótima semana.

Malu disse...

O AMOR - sentimento que nos desperta as mais raras emoções...
Adorei seu poema!